O Primeiro Rap


Quando comecei a ouvir RAP no início dos anos de 1980 era muito raro alguém se referir a este estilo por meio desta sigla, nós o chamáva-mos de “Funk Falado” e embora não fosse o nome correto, tinha tudo a ver: forte marcação de baterias e um maluco rimando de uma forma que nós até então não estávamos acostumados. Era o nascimento do Rap!
Pouco tempo depois de Suggar Hill e o grande sucesso “Rappers Delight” começaram a surgir por aqui alguns caras que faziam este som em língua portuguesa, dentre eles: Thaide e Pepeu.
Me lembro ainda de uma música do Pepeu onde ele dizia: “…É um RITMO NOVO que acaba de surgir com uma batida interessante gostosa se ouvir…” em seguida ele já emendava com o “Melô do Bastião”. Bons tempos, não? Se você viveu esta época vai se lembrar de tudo isto o que estou dizendo.

Mas o RAP parece ser mais antigo do que pensávamos que fosse, sabia?
Quando se fala em RAP, muitos apontam para DJ Kool Herc, locutores de rádio, etc. mas até o momento não há nada oficialmente registrado (quem souber onde está esta informação, favor deixar o link nos comentários) e fuça daqui e fuça dali e eis que descobrimos que existiu um cara chamado Pigmeat Markham.

Pigmeat nasceu em 1904 na Carolina do Norte (EUA), era cantor, compositor, dançarino e comediante e ganhou destaque nos anos de 1950 quando passou a se apresentar no “bombado” programa de TV apresentado por Ed Sullivan e com o apoio de Sammy Davis Junior, Pigmeat ganhou o respeito e admiração da comunidade negra norte americana. Pigmeat faleceu em 1981.
Mas foi em 1968 que Pigmeat gravou uma música chamada “Here Comes The Judge” e como podemos notar, aquele som meio funk com um cara rimando de uma forma diferente que nós ouvimos no início dos anos de 1980 ,não era muito diferente deste que você ouvirá agora.

Ouça e julge você mesmo!

Here Comes The Judge – Pigmeat Markham – 1968

[ad id=’32846′]

Foi ou não foi o primeiro RAP?

Continuemos com as nossas pesquisas…

Comentários

comentários