O Que Havia Antes do MP3?

Bem antes do MP3

eddiePergunta fácil de ser respondida, não?
Você com certeza já deve ter a resposta e se você respondeu que foi o disco de vinil apenas ou a fita k7, saiba que você está equivocado.
Antes de surgirem os arquivos MP3 havia um formato pouco conhecido, pelo menos aqui no Brasil, eram os arquivos “.MOD”
Arquivos .MOD foram concebidos para computadores Amiga PC da empresa norte-americana Commodore International.

Os computadores Amiga já impressionavam o público com recursos gráficos, de áudio e outras tarefas interessante mas perdeu a disputa de mercado para a Apple e IBM. Temos aí então uma outra questão: Antes da Apple não havia nenhuma outra empresa oferecendo computadores com recursos de áudio e gráficos? A resposta é SIM!
Antes do Apple II surgir já havia o Altair 8800 e logo após o Apple II, o Commodore 64.

O nome “Amiga” foi escolhido justamente por vir antes de “Apple” e vem do Espanhol “amigo”, mas voltemos aos MODs…
Quando os primeiros computadores pessoais começaram a surgir no Brasil no início dos anos 90, eis que começaram a “pipocar” alguns softwares para música como “Visual Player”, “Screen Tracker”, “Amiga Pro Tracker”, dentre outros e estes programas tocavam músicas incríveis!

A primeira música que ouvi foi o tema do filme “Um Tira de Pesada” na casa de um amigo nerd e nome do arquivo era “axelfoll.mod” (Axell Folley era o nome do personagem de Eddie Murphy no filme), confira no vídeo abaixo:

Quando vi isso pela primeira vez, meus olhos brilharam, o meu queixo caiu e a minha cabeça ficou a mil!! Como fizeram isso? Até então eu só conhecia discos!!
Com o software de edição você era capaz de “abrir” estas músicas e crias novas músicas, algo que qualquer software de música faz hoje mas naquela época isso era praticamente coisa de ficção científica.

As notas musicais eram inseridas em formato hexadecimal, então se desejássemos alterar alguma nota bastava alterar este código manualmente.
Éramos capazes de criar nossas próprias músicas e distribuir para os amigos como fazemos hoje mas como não havia internet, a transferência dos arquivos era feita pelo protocolo “DPC/DPL” (Disquete Pra cá / Disquete Pra lá) ou via BBS – Bulletin Board System (o avô da internet brasileira), algo que poucos tinham acesso, necessitava de linha telefônica (que também era pra poucos) e era pago pois necessitava de um provedor, dizem que a empreda Mandic começou assim, prestando serviços de acesso para BBS.

ibm-pcPor volta de 1994 a turminha nerd da escola já possuía “poderosos” computadores PC/XT e PC/AT286 e o “tráfico” de arquivos .MOD começou a crescer.

A qualidade das músicas até que era muito boa por ser “músicas de computador” feitas em apenas 4 canais de áudio e instrumentos sintetizados. Era o que tínhamos para aquele momento.
Havia músicas para todos os gostos: Jazz, Funk, Rap, Pop, Rock… mas nada de música brasileira, se houve não tive contato com nenhuma.
O formato .MOD começou a ficar tão popular que já era possível comprar CD’s com centenas destes arquivos, todas baixadas da BBS. Estava virando uma febre!

A “modmania” durou até o final dos anos 90 de forma muito silenciosa, apenas quem curtia computadores sabia da existência deste formato de música digital e acredito que só não durou mais tempo no Brasil devido ao surgimento da internet em 1995 e o Napster em 1999/2000.
O formato ainda existe e novos players foram criados, dentre eles o OPenMPT que roda em Windows 7 mas ao que parece é algo bem voltado para saudosistas.
É bacana mas não se compara ao MP3 nem de longe.

No vídeo abaixo, uma pequena demonstração:

Para baixar MODs:
http://www.modarchive.org/index.php

Software para Windows:
https://openmpt.org/

Referências:
http://www.cultofmac.com/113454/before-apple-after-how-apple-has-led-the-tech-industry-every-step-of-the-way-gallery
http://en.wikipedia.org/wiki/Lorraine_(given_name)
http://en.wikipedia.org/wiki/Amiga” title=”http://en.wikipedia.org/wiki/Amiga|

Comentários

comentários